DICAS PARA CREME DE LEITE



Vejamos os diferentes tipos de creme de leite que encontramos hoje no mercado Brasileiro, já que esse ingrediente é indispensável em nossa cozinha.


Creme de Leite de Caixinha: Esse creme de leite é tratado e homogenizado para aumentar sua vida em prateleira, nele ainda são adicionados espessantes e outras químicas. No mercado é possível encontrar ele 25%, 20% e até 17% de gordura e seu soro já é misturado, por isso muitas pessoas dizem que ele não possui soro. É ideal para salgados, doces, ganaches, cremes em geral, mas nunca devem ser fervidos pois eles talham com o processo.

Creme de Leite de Lata: Ele é do tipo pasteurizado e por isso é possível separar seu soro para ter uma consistência mais densa, seu sabor é mais marcante e possui a cor um pouco mais escura que os de caixinha. No mercado é possível encontrar ele com 20% e 25% de gordura. Assim como o creme de leite de caixinha ele não deve ser fervido e sua utilização são as mesmas.

Creme de Leite Light: Essa versão possui o teor de gordura reduzido e pode ser encontrado com 15% de gordura, porém é mais liquido e um pouco mais caro que os convencionais.

Creme de Leite Fresco: É mais encontrado com o nome de Creme de Leite Pasteurizado aqui no Brasil, e ele possui uma maior quantidade de gordura que fica entre 30 e 35%. Ele pode ser utilizado como todos os outros, porém esse pode ser fervido e batido para chegar ao ponto de chantilly.

Creme Chantilly: Ele é nada mais que o creme de leite fresco já batido, mas nele é adicionado aromatizantes, adoçantes e outras químicas, por isso é melhor sempre escolher o creme de leite fresco tradicional para fazer o seu Chantilly.
O que é talhar? É a mesma coisa que coalhar ou seja vai surgir pedacinhos solidificados de leite em suas receitas.

Como evitar que o creme talhe?
Nunca ferva o creme de leite industrializado.
Não use ele como um espessante, faça isso utilizando farinha de trigo ou amido de milho e só adicione o creme de leite no final do preparo.